Assistir desenho do picapau online dating

A ideia de uma nova revista em quadrinhos também chegou a ser cogitada.

Estudos foram feitos e o projeto foi parar em grandes editoras como a Abril Jovem, porém não foi levado adiante.

Os artistas da casa se sentiram desprestigiados e muitos pediram demissão ou foram trabalhar como free lancer.

Só a Grafipar, editora que acabara de surgir em Curitiba publicando hqs nacionais levou três: Um longo hiato das bancas e da tv Com o fim do programa de tv em 1986, o Sítio desapareceu do mercado e toda uma geração acabou tendo pouco contato com ele.

Era preciso trazer os personagens para o século XXI.Restaram apenas os livros da Editora Brasiliense em edições antigas e já ultrapassadas, inclusive com ilustrações em preto e branco.O contrato firmado entre Monteiro Lobato e a Brasiliense datado de 1945, garantia exclusividade a uma editora que pouco se empenhou em investir em sua obra ao longo dos anos.Nessa primeira fase os leitores puderam apreciar e curtir histórias com a participação do Barão de Munchausen, o ex-presidente do Brasil Juscelino Kubistchek (mesmo em época de fim de ditadura), Horta (presidente do Clube Atlético Fluminense, que vem ao Sítio para contratar um craque e quase contrata o Saci, imaginem só! Página da história O Saci de duas pernas, em que a turma do Sítio se transporta para o universo dos quadrinhos com a ajuda do Gibi, personagem que virou sinônimo de revista de hq. A Editora Saraiva, especialista em livros didáticos abrira um núcleo para produzir e publicar quadrinhos e álbuns de figurinhas.Foi exatamente esse núcleo que passou a fazer as revistas de atividades do Sítio.

Leave a Reply